Primeiros socorros para animais #1: Intoxicação

Facebook Twitter Google + Pinterest Linkedin Reddit
Primeiros socorros para animais #1: Intoxicação

socorros para animais – É muito comum um animal, seja cão ou gato, ingerir um produto que possa lhe causar intoxicação: uma planta, produtos de limpeza, venenos e etc. Aqui vão algumas dicas do que fazer caso isso ocorra.

Antes de mais nada, frisamos que é muito importante que você leve seu bichinho ao veterinário, e se possível, em menos de duas horas depois da ingestão. Nunca tente tratá-lo por conta própria.

Alguns sinais de intoxicação vão desde vômitos, salivação, tremores e diarreias (com ou sem sangue) até convulsões ou outros sinais neurológicos.

A primeira coisa a fazer é identificar se o produto ingerido é abrasivo ou não, como plantas, e alguns venenos. Caso seja, devemos induzir o vomito. Como faze-lo? É bem simples.

Existem duas formas de provocar o vomito no animal:

A primeira forma é utilizando água oxigenada (5 a 10 ml). Como gosto é muito forte o estômago irá se contrair expulsando a própria água oxigenada e o produto tóxico ingerido. Outra forma é utilizando uma salmoura (água morna com três colheres de sal). Você deve administrá-la com uma seringa, colocando a mesma no canto da boca do animal. Deixe a cabeça dele erguida para que ele engula todo o líquido. Faça esse procedimento de 5 em 5 minutos.

Não demore mais de duas horas após a ingestão do produto para fazer essas aplicações, pois quanto mais tempo você demorar, maior será a quantidade de produto tóxico absorvido pelo organismo do animal.

No entanto, nem sempre a indução do vômito é recomendada, como no caso de ingestão de substâncias abrasivas ou cáusticas (produtos de limpeza, alvejantes, sabão em pó, etc.).

Nesses caso, o que pode-se fazer é dar clara de ovo para o seu bichinho. A clara formará uma película que protegerá toda a mucosa, desde o esôfago até o começo do intestino. Então isso dará tempo do veterinário socorrer seu animal.

Um medicamento fácil de ser encontrado são comprimidos de carvão ativado. Este, se gruda às toxinas liberadas pelas substâncias e ajuda na liberação  pelas fezes e pode ser administrado em ambas situações de intoxicação. Mas essa medida só tem efeito se realizada logo após à ingestão da substância tóxica.

 

 

 

 

fonte: clube dos animais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *