Estudante interage com animais selvagens e destaca importância de respeitar a natureza

Facebook Twitter Google + Pinterest Linkedin Reddit
Estudante interage com animais selvagens e destaca importância de respeitar a natureza

animais selvagens – Aluno de Ciências Biológicas, Victor Basílio estuda diversas espécies, mas tem apreço pelos primatas.

esde criança, Victor Basílio se interessa por animais. Aos 10 anos, o estudante de ciências biológicas começou a se aperfeiçoar nos estudos dos primatas. “Eu consultava livros e assistia a documentários até iniciar um arquivo pessoal com tudo sobre as espécies do mundo”, conta Basílio, que atualizava os materiais e pesquisava em fontes confiáveis.

Visitas ao zoológico do Rio de Janeiro e caminhadas por trilhas em áreas verdes também faziam parte da programação semanal do estudante, que não saía sem a câmera na mão. “Comecei a registrar as espécies e a aprender um pouco sobre esse mundo da fotografia. Descobri que os cliques combinam muito bem com a arte de desbravar a natureza e conhecer novas espécies.”

Aves, répteis e insetos também são clicados pelo guia (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Aves, répteis e insetos também são clicados pelo guia (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Com a prática e os cursos de foto, Victor se tornou monitor e fotógrafo de natureza, atividade que custeou, por um tempo, a faculdade de biologia. “Cada trabalho me proporcionou experiências incríveis, muita prática e aprimoramento do conhecimento. Em todos os momentos a fotografia estava presente e, mesmo não sendo profissional nem tendo uma câmera profissional, evoluí com o tempo”, explica.

Hoje, aos 24 anos, o estudante administra um canal no youtube em que interage com animais livres na natureza e divulga informações sobre as espécies. De acordo com Victor, a relação com os indivíduos necessita de cuidado e profissionalismo. “É muito tranquilo manter contato com eles. Quando se tem respeito, isso se torna recíproco.”

Araracanga se alimenta de frutos, sementes e flores, (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Araracanga se alimenta de frutos, sementes e flores, (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

O estudante enaltece a importância de respeitar os animais  (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

O estudante enaltece a importância de respeitar os animais (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Suindara é conhecida também como coruja-de-igreja  (Foto: Victor Basílio/VC no TG )

Suindara é conhecida também como coruja-de-igreja (Foto: Victor Basílio/VC no TG )

Macaco-prego forma grupos entre oito e 16 indivíduos (Foto:  Victor Basílio/VC no TG )

Macaco-prego forma grupos entre oito e 16 indivíduos (Foto: Victor Basílio/VC no TG )

Jacurutu é a maior coruja das américas (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Jacurutu é a maior coruja das américas (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

O sovi tem aproximadamente 34 cm de comprimento (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

O sovi tem aproximadamente 34 cm de comprimento (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Durante as expedições Victor também registra anfíbios (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

Durante as expedições Victor também registra anfíbios (Foto: Victor Basílio/VC no TG)

fonte: g1

imagem: : Victor Basílio/VC no TG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *